Urna impugnada leva comissão eleitoral do SISMMAR a programar a realização de votação suplementar no 1º turno
Com 28 das 29 urnas apuradas, chapa 2 lidera o pleito com diferença de apenas 20 votos em relação à chapa 1

09/10/2019


A Comissão Eleitoral do Sindicato dos Servidores Municipais de Maringá (Sismmar) realizou entre a noite de terça e o início da tarde desta quarta-feira, no ginásio da Associação dos Funcionários Municipais de Maringá (AFMM), a apuração dos votos do primeiro turno, que contou com a participação de quatro chapas. Devido a problemas nos lacres, nove urnas foram questionadas. 
 
Já eram 10h da manhã quando a comissão deliberou por impugnar apenas a urna 5, por conta da falta de um dos dois tipos de lacres exigidos. Não houve violação da urna, ainda assim, em respeito ao Estatuto do Sismmar, a mesma precisou ser invalidada. A apuração foi retomada com as outras oito urnas pendentes, com os trabalhos encerrados às 12h20. 
 
 
 
1º - Chapa 2 (Priscila Guedes e Carlos Alberto Máximo)1171 votos
 
2º - Chapa 1 (Iraídes Baptistoni e Carlinhos Specian):    1151 votos
 
3º - Chapa 4 (Moisés Rebouças e Cibele Campos):          987 votos
 
 4º - Chapa 3 (Tom Martins e José Ademir Fraiman):         245 votos
 
 
As 28 urnas validadas somaram 3.659 votos, sendo 3.554 votos válidos (descontados os 58 votos nulos e 47 em branco). A Eleição do Sismmar tem votação em cédulas de papel. Estavam aptos a votar 5.520 servidores municipais filiados. 
 
A urna 5, da Maringá Previdência, inclui 558 servidores filiados, sendo a segunda maior em número de votantes. 
Segundo o Estatuto do Sismmar, uma nova votação é necessária quando o número de votos da urna anulada é superior à diferença entre as duas chapas mais votadas. O novo pleito deve ser realizado dentro do prazo máximo de dez dias.
 
A data do segundo turno ainda será definida pela comissão.
 
 

Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.