TRAUMA FACIAL: UEM faz campanha de prevenção na Praça Raposo Tavares
Campanha vai enfatizar as consequências do uso de capacete aberto pelos motociclistas em relação ao trauma de face num eventual acidente

12/02/2020


 

A Universidade Estadual de Maringá (UEM) vai realizar amanhã (13), entre 11h e 13h, uma campanha de conscientização e prevenção ao trauma de face. Será na Avenida Brasil de Maringá (PR), em frente à Praça Raposo Tavares.

 

O Programa de Residência em Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial da UEM atendeu, em 2019, nos hospitais de Maringá, cerca de 1,2 mil traumas de face e 355 traumas de face com fraturas, sendo 94 causados por acidentes envolvendo motociclistas. Em razão disso, o programa resolveu organizar a campanha de 13 de fevereiro, que é o Dia Internacional do Cirurgião Buco-Maxilo-Facial.

 

MOTOCICLISTAS

Em parceria com o Colégio Brasileiro de Cirurgia e Traumatologia Buco-Maxilo-Facial, a campanha vai “enfatizar as consequências do uso de capacete aberto pelos motociclistas em relação ao trauma de face num eventual acidente e também o alto índice de ingestão de bebidas alcoólicas pelos envolvidos”, já que, nos acidentes citados anteriormente, 72% dos condutores de motos haviam ingerido álcool.

 

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), usar o capacete fechado corretamente reduz em até 40% o risco de morte do motociclista e em até 70% as chances de ferimentos graves na cabeça.


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.