TRANSPORTE INTERMUNICIPAL: Prefeitura de Maringá atualiza regras
Nota Oficial da Prefeitura de Maringá

22/03/2020


 

A Prefeitura de Maringá atualizou as regras do transporte coletivo intermunicipal do decreto nº 461/2020. O embarque e entrada na cidade será liberado para profissionais das seguintes áreas: saúde, segurança, alimentação, produtos e serviços de primeira necessidade, servidores públicos que atuem em atividades essenciais à manutenção da administração, além de trabalhadores da indústria de fabricação de produtos essenciais de acordo com o art. 10 do decreto nº 461/2020.
Passageiros deverão portar crachá ou outro documento que comprove a prática profissional.

 

NOTA EXPLICATIVA:

*Sobre as medidas aplicadas ao transporte intermunicipal: explicação adicional*

Sobre a nota explicativa divulgada hoje, 22, pela Prefeitura de Maringá, importante esclarecer o seguinte:
As empresas que operam o sistema nas cidades mais imediatamente próximas, como Sarandi, Mandaguaçu, Paiçandu e Marialva, por exemplo, foram notificadas a orientar seus motoristas no sentido de só permitir o embarque de passageiros que se enquadrem nas categorias citadas.

O motorista, ou outro profissional que acompanha o embarque, deve exigir do passageiro o crachá de identificação ou outro documento que comprove a atividade desenvolvida ou o local de trabalho para só então permitir o deslocamento.

Conforme prevê a nota, será permitido o embarque de profissionais da saúde, profissionais do setor de segurança, da alimentação e produtos de primeira necessidade, do serviço público e de indústrias que trabalhem, respectivamente, com serviços e manufatura de produtos considerados essenciais.

 

fonte: ASC/PMM


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.