Tambor japonês melhora confiança de jovens deficientes
Os alunos participam regularmente em espetáculos nas escolas primárias da cidade. As apresentações diante do público ajudam a reforçar a auto-confiança. "Ainda estou a tentar integrar o ritmo e a descontrair os pulsos", confessou Shante Glidden, aluna de Taiko.

04/01/2022


 

Uma escola australiana inspirou-se na tradição japonesa do tambor Taiko para reforçar a criatividade e a confiança de jovens deficientes.

No Rosny Colegge em Hobart, capital do estado australiano da Tasmânia, as aulas de bateria fazem parte do curriculo desde 2014. Uma atividade física e artística que já produziu resultados concretos. "Alguns alunos apanharam o ritmo muito depressa, é uma honra vê-los tocar e evoluir", afirmou o professor Andy Short.

 

Os efeitos positivos do tambor japonês

Os alunos participam regularmente em espetáculos nas escolas primárias da cidade. As apresentações diante do público ajudam a reforçar a auto-confiança. "Ainda estou a tentar integrar o ritmo e a descontrair os pulsos", confessou Shante Glidden, aluna de Taiko.

 
 

Para os educadores da escola australiana, a percurssão Taiko tem vários efeitos positivos nos jovens.

"Semanas após os espetáculos, há alunos que dizem aos nossos jovens: 'foram espetaculares em palco, foi fantástico'. Isso aumenta a confiança dos jovens, é estimulante", frisou Belinda Graudins, professora de Taiko.

 

Em 2018, os alunos estiveram no Japão para conhecer autênticos mestres do taiko e estão previstas novas viagens no futuro.

 

 

Euro News

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.