REINO UNIDO: "É a última oportunidade para o Brexit"

21/05/2019


"Fiz concessões, agora é a vossa vez" - A primeira-ministra britânica passa para o parlamento a responsabilidade de "cumprir o Brexit". Theresa May apresentou esta terça-feira as linhas gerais do novo acordo. Em cima de um pulpito onde se pedia "consenso no parlamento", frisou que o documento vai permiti esclarecer o que querem os deputados britânicos. "O governo vai incluir no preâmbulo do diploma que fixa o acordo de saída a obrigação de se votar sobre um segundo referendo, a realizar-se antes da ratificação do acordo de saída", disse May.

 

 

A chefe de governo referiu por várias vezes que o parlamento tem de "honrar a vontade do povo", expressa no referendo de 2015 e põe nos deputados a responsabilidade do fim do Brexit. Nas palavras de May, "rejeitar este acordo e sair da União Europeia com um acordo a negociar em breve será impossível. O que é que fazemos? Alguns sugerem uma saída sem acordo, mas seja qual for o desfecho, o parlamento tem sido claro: fará tudo o que puder para o travar. Sem acordo, teremos de ter novas eleições gerais ou um segundo referendo que pode levar à anulação e ao fim do Brexit."

 

O novo documento é entregue amanhã no parlamento e será votado a 3 de junho.

Entre as novas medidas em destaque na proposta estão a regulação das relações comerciais com os 27 e maiores garantias de proteção da integridade territorial do Reino Unido, enquadrando a possibilidade de uma fronteira física entre as duas Irlandas.

fonte: euronews.com


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.