PROCON Sarandi divulga Pesquisa de Preços de produtos da Cesta Básica

28/07/2021


 

Equipes do PROCON Sarandi estiveram em supermercados nos dias 26 e 27 de julho, realizando mais uma pesquisa de preços dos produtos da cesta básica, que revelou alta de 25,46% no período de junho de 2020 a julho de 2021.

Por categorias, foram constatadas as seguintes variações nos preços médios: Alimentação aumento de 32,94%, Higiene Pessoal e Limpeza aumento de 17,85%, e Hortifruti queda de 24,79%. No período em questão, os produtos que mais subiram foram a farinha de fubá (milho) em torno de 93%, e o óleo de soja em torno de 98%.

 

Além da coleta de preços, também foram verificados a existência de precificação, divergência de preços e as condições dos produtos. O Órgão reforça o alerta que a elevação de preços, sem justa causa, é proibida pelo Código de Defesa do Consumidor.

O coordenador do PROCON Sarandi, Dr. Lucas Dornellos, informa que as previsões de preços não são boas para o consumidor final e explica que a escassez, a alta procura, bem como a inflação, refletem diretamente nos preços. “Estamos rastreando a alta dos preços desde a ponta, do produtor, e a situação é grave. O milho, por exemplo, teve as lavouras prejudicadas pelas secas e geadas, e deve sobrar pouco para ser colhido. Segundo o Departamento de Economia Rural do Paraná – DERAL, somente 10% de toda área de plantação de milho a colher no Paraná se encontra em boas condições atualmente, que já é estimada muito abaixo da expectativa inicial, e isso sem contar a nova previsão da forte onda de frio que vai atingir o Brasil nesses próximos dias que prejudicará a lavoura mais ainda.”

 

O coordenador do Órgão destaca a importância do consumidor recorrer à educação financeira e dá dicas tais como contabilizar e rever gastos, reduzir despesas, separar reservas mensais para emergências, e pesquisar preços. “Somente nesta pesquisa por exemplo, constata-se uma variação média de preços de 42%, sendo que o consumidor consegue economizar até 118% no preço da banana, 105% no sabão em pó, 93% na cebola, 82% no sal, e 80% no café em pó” conclui o coordenador.

Caso encontre irregularidades, como itens vencidos e preços divergentes, os consumidores podem acionar o PROCON Sarandi fone (44) 3126-9508 de seg a sex das 8h às 11h30 e das 13h às 17h, ou pelo Fale Conosco no link: www.sarandi.pr.gov.br/web/procon/fale-conosco.

ACESSE A TABELA DE PREÇOS CLICANDO AQUI

 

 

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.