PARANÁ: Sesa destaca ações para melhoria das condições de alimentação, nutrição e saúde da população

16/10/2020


A Promoção da Alimentação Adequada e Saudável está prevista na Política Nacional de Alimentação e Nutrição e nas Políticas Nacional e Estadual de Promoção da Saúde.

No Paraná, as ações da área acontecem em todos os pontos da Rede de Atenção à Saúde abrangendo as várias etapas do cuidado, incluindo as ações de Vigilância Sanitária. E, na véspera do Dia Mundial da Alimentação, comemorado em 16 de outubro, a Secretaria da Saúde do Paraná, destaca a importância das boas práticas alimentares em todas as fases da vida.

“A promoção da alimentação adequada e saudável no SUS é fundamentada no incentivo, apoio e proteção da saúde e, neste sentido, os profissionais que atuam na Atenção Primária estão preparados para a abordagem e orientação ao usuário pessoal, à família e à comunidade”, disse o secretário da Saúde do Paraná, Beto Preto.

A porta de entrada para o usuário que busca apoio sobre práticas alimentares é a Unidade Básica de Saúde. A Sesa desenvolve junto às unidades básicas e em parceria com as secretarias municipais vários programas que buscam a melhoria das condições de alimentação, nutrição e saúde da população.

Ações 

Entre os programas está o Crescer Saudável, que conta com a adesão de 250 municípios. Consiste em um conjunto de ações articuladas para garantir o acompanhamento do crescimento e desenvolvimento de crianças, oferecendo atividades coletivas de promoção da alimentação saudável e atividade física, com atendimento individualizado para crianças identificadas com obesidade.

Outra estratégia é o Programa Saúde na Escola; voltado para escolares da educação básica; conta com a participação de 373 municípios, 4.470 escolas e atende a 980.053 estudantes. O programa, que integra as áreas da Saúde e da Educação e realizou em 2019 mais de 8 mil ações voltadas à alimentação.

A Sesa mantém programas de suplementação de micronutrientes com o objetivo de prevenir e controlar as principais deficiências de vitaminas e minerais junto a grupos prioritários da população, além de pólos do Programa Academia da Saúde que promovem atividades físicas e de alimentação saudável. São 191 pólos concluídos e em funcionamento no estado.

Vigilância Sanitária 

A Vigilância Sanitária é o setor da Sesa que se dedica aos cuidados em relação às boas práticas na produção e manipulação de alimentos como forma de minimizar ou eliminar os potenciais riscos à saúde da população.

Entre as várias atividades desenvolvidas pela Vigilância Sanitária de Alimentos destacam-se: o monitoramento de resíduos de agrotóxicos nos alimentos hortícolas comercializadas nos Ceasa (Centrais de Abastecimento do Paraná) e também de produtos in natura distribuídos para alimentação nas escolas estaduais por meio do PARA-PR (Programa Estadual de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos).

Por meio do Programa de Controle de Resíduos de Medicamentos Veterinários em Alimentos de Origem Animal ( PAMvet-PR), a Vigilância Sanitária realiza a coleta e análise de produtos de origem animal para verificação da presença de resíduos químicos de medicamentos que pode predispor ao aparecimento de resistência antimicrobiana na população, gerando sérios impactos no tratamento de patologias graves.

 

Data 

Para marcar o Dia Mundial da Alimentação, a Sesa promove amanhã uma webinar com os temas: “Alimentação, sustentabilidade e a Covid-19” e “Autonomia culinária para a promoção da alimentação saudável”.

O encontro vai ser transmitido pelo canal do Youtube da Sesa, das 14h às 16h, e está sendo organizado pelas divisões de Promoção da Alimentação Saudável e Atividade Física e de Vigilância Sanitária de Alimentos.

 

Fonte:AEN/PR


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.