Parada LGBT encerra no domingo a Semana Maringaense de combate à Lgbtfobia
"Discriminação acontece até mesmo entre pessoas pertencentes a uma das letras LGBT", afirma Margot Jung, presidente da AML em entrevista a O FATO MARINGÁ.

13/05/2022


 

A Parada LGBT programada para domingo, 15, é o evento de conclusão da Semana Maringaense de Combate à Lgbtfobia. Esse ano são esperadas 28 caravanas do Paraná e também do interior de São Paulo. 

A concentração acontece a partir do meio-dia no Centro de Convivência Comunitário Renato Celidonio, e a partir das 14 horas acontece o início da Parada saindo pela avenida XV de Novembro, prosseguido pela avenida São Paulo para depois entrar na Prudente de Morais. O encerramento é previsto para o pátio do Estádio Regional Willie Davids. 

Margot Jung, presidente da Associação Maringaense LGBT conversou com Ligiane Ciola, convidou a população a participar da Parada no domingo e fez um balanço sobre a atual situação de discriminação dos grupos, algo que segundo ela, acontece até mesmo entre pessoas pertencentes a uma das letras LGBT. 

 

 

 

 

 

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.