Mercado que cobrava preços diferentes dos anunciados nas prateleiras é autuado em Sarandi

20/04/2022


foto - ASC/PMS

O preço anunciado na prateleira era de R$ 3,99, mas na hora de passar pelo caixa subiu para R$ 4,98. Este é só um dos exemplos que os fiscais do Procon de Sarandi encontraram em um Supermercados da cidade durante uma fiscalização. O diretor do Procon de Sarandi, Lucas Dornellos, explica que durante o processo de averiguação, os fiscais levam cerca de 45 produtos ao caixa, onde verificam se realmente está havendo a divergência de preço.

 

"Se ao passar pelo caixa o consumidor constatar que o valor cobrado é maior do que o informado na prateleira, deve exigir o cumprimento da oferta da gôndola e pagar o menor valor, conforme o artigo 35, inciso I do Código de Defesa do Consumidor. Mesmo que o consumidor venha constatar a divergência do valor somente após concluir a compra, o estabelecimento deve ser contatado para que seja estornado o valor pago a mais.

Dornellos ressalta a necessidade de o consumidor sempre guardar o cupom ou nota fiscal para eventuais reclamações”, enfatiza Dornellos.

Os estabelecimentos que foram constatadas essas irregularidades, têm 10 dias para apresentar defesa e poderão ser multados.


Denúncias ou dúvidas podem ser enviadas pelos canais oficiais:
- Fale Conosco link: www.sarandi.pr.gov.br/web/index.php/procon/fale-conosco
- Disk PROCON: (44) 3126-9508
- Sede: Rua Castro Alves, 952, Jd. Independência.

 

 

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.