Maringaenses estreiam na Paralímpiada neste sábado
Atletas são apoiados pelo programa de bolsas da Secretaria de Esportes de Maringá

27/08/2021


 

 

Os maringaenses que estão no Japão para os Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 estreiam nesse final de semana. As três atletas que representam Maringá no evento, as nadadoras gêmeas Débora e Beatriz Borges Carneiro, 23 anos, e a judoca Meg Emmerich, 34 anos, entram na piscina e no tatame amanhã (28), respectivamente. 
 
A integrante da equipe brasileira que disputará o revezamento 4x100 misto, Débora Borges, disputa a final da prova neste sábado. A prova deve começar por volta das 19h40, horário no Japão (7h40 da amanhã horário de Brasília).
 
As gêmeas Débora e Beatriz tem agendadas também no sábado a eliminatória dos 100 metros peito, com a final no dia seguinte, domingo. E a última prova será os 200 metros medley, com a eliminatória na segunda-feira (30) e a final na terça-feira (31). Elas conquistaram cinco medalhas no ParaPan 2019, em Lima, no Peru. 
 
 
A judoca Meg Emmerich entrará no tatame às 10h30 de sábado (28), horário de Brasília. A maringaense é uma das favoritas. Ela fez uma boa preparação conquistando medalhas em competições de judô na Europa e Ásia antes de viajar para o Japão. 
 
APOIO -  O técnico das nadadoras, André Yamazaki Pereira, 28 anos, também treina a Seleção Brasileira Paralímpica de Natação. As atletas e o técnico pertencem a associações esportivas que recebem bolsas da Secretaria de Esportes da Prefeitura de Maringá. O Município investe em 39 modalidades e apoia 648 esportistas, sendo 89 técnicos e 559 atletas (47 do esporte paraolímpico, sendo seis técnicos e 41 atletas). As bolsas variam entre R$ 1 mil e R$ 25 mil anuais, somando R$ 2,2 milhões. ASC
 
 
 


.

Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.