Maringá Suspende aulas presencias nas escolas públicas e privadas. Medida está no novo decreto de enfrentamento à COVID publicado nesta segunda, 22
Ulisses: "Estamos trabalhando no limite mas hospitais privados estão lotados"

22/02/2021


LEIA O DECRETO NA ÍNTEGRA

A prefeitura de Maringá publicou na tarde desta segunda-feira, 22, um novo decreto restritivo de enfrentamento à COVID. As medidas entram em vigor na quarta-feira, 24 e prosseguem até dia 7 de março, quando a prefeitura fará uma reavaliação da situação. 

 

 

A principal mudança está na decisão de suspender as aulas presenciais nas escolas municipais e também nas escolas privadas. Nas municipais, as aulas deveriam retornar às atividades dia 18 passado, mas o prefeito Ulisses Maia decidiu no início da semana passada adiar o início para o dia 01 de março, em linha com o Governo do Estado. Agora, o prefeito muda estratégia novamente para se adequar à realidade de contágios e ocupação das UTIs que estão quase que completamente lotadas.

 

 

* Leia o boletim de acompanhamento da pandemia publicado nesta segunda, 22

 

TOQUE DE RECOLHER A PARTIR DAS 21H E MULTA DE R$ 1 MIL PARA QUEM NÃO USA MÁSCARA

O decreto mexe no toque de recolher que a partir de quarta-feira começará a partir das 21h, com exceção dos serviços de delivery, que
poderão funcionar até as 22h. Infração gera multa de R$ 1 mil. Quem for flagrado sem máscara em locais públicos, bem como em locais
particulares de uso comum será multado pesadamente em R$ 1 mil.

 

 

 

AGORA NA TV WEB - O FATO MARINGÁ 

* Para assistir a um conteúdo específico sem ter que esperar que passe na tv web,

clique no link a seguir e assista no canal YOUTUBE de O FATO MARINGÁ

 

 

 

 

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.