Vereador Flávio Mantovani retira da pauta da Câmara para incluir melhorias no texto, projeto que autoriza e estabelece regras para que animais domésticos possam visitar pacientes em hospitais.
Mudança no texto permitirá que pessoas que não possuem animais recebam visitas. Veja a entrevista que Ligiane Ciola fez com Mantovani antes da sessão de hoje.

06/06/2019


LEIA TAMBÉM: EXPERIÊNCIAS POSITIVAS NO BRASIL E NO MUNDO

ITÁLIA: L'ospedale dei Castelli apre alle visite dei degenti con animali domestici

RIO DE JANEIRO: Lei permite a entrada de animais domésticos e de estimação em hospitais do Rio

ESPANHA: Los perros entran en el hospital

FRANÇA; Et pourquoi pas des animaux dans les hôpitaux ?

 

 

O vereador Flávio Mantovani retirou da pauta da Câmara por duas sessões consecutivas, o inovativo projeto de lei n. 15.005/2019, que se aprovado, autorizará e regulamentará a visita de animais domésticos a pacientes internados em hospitais públicos e privados da cidade.

"Retirei da pauta para fazer ajustes e incluir a possibilidade de parcerias entre hospitais e o setor de "Bem Estar Animal", orgão ligado à Secretaria do Meio Ambiente, para permitir que pacientes que não possuem animais, possam receber visitas de cachorros, se o hospital e o médico responsável concluir que pode trazer benefícios ao paciente", diz Mantovani.  

 

Na entrevista que Ligiane Ciola realizou minutos antes sessão, o vereador Mantovani fala com entusiamo e segurança sobre a aprovação do projeto, que provavelmente não encontrará obstáculos, já que tal lei, encontra respaldo entre médicos da cidade. O vereador ressalta que  "todas as normas sanitárias e de higiene deverão ser respeitadas". O texto orginal, prevê que só será possível a visita de animais com a autorização dos responsáveis pelo tratamento e local da internação.

Mantovani, enfatiza ainda que, a retirada do projeto, não representa uma mudança de posição, mas uma necessidade de tornar o texto ainda mais completo. O projeto deve retornar à Câmara na sessão de terça-feira, (20).

 

 

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.