Inteligência Artificial completa sinfonia de Beethoven

13/10/2021


 

Quando Ludwig van Beethoven morreu, em 1827, levou com ele a 10.ª Sinfonia, obra inacabada e de que ficaram apenas algumas notas escritas com fragmentos incompletos. Um puzzle indecifrável que desde então tem fascinado o mundo da música.

Quase 200 anos depois a sinfonia foi terminada com a ajuda da tecnologia. Tendo por base a obra completa do compositor alemão, as suas notas pessoais e as influências da época, uma equipa de especialistas recorreu à Inteligência Artificial tentar aprender e analisar o estilo de Beethoven de forma a que fosse possível completar a sinfonia como ele o faria.

 

EURONEWS


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.