Fiscais interditam quatro estabelecimentos e terminam com uma festa clandestina no final de semana em Maringá

22/02/2021


Foto: Aldemir de Moraes / PMM
 
O final de semana foi de muito trabalho para as equipes do Grupo de Gestão Integrada (GGI), reunindo secretarias municipais e forças de segurança de Maringá. Entre a última sexta-feira (19) e ontem (21), foram realizadas 34 vistorias e 28 orientações para empresários. Quatro estabelecimentos e uma festa foram interditados, resultado de 187 denúncias da comunidade, por meio dos telefones 153 e 156. 
 
As ações do GGI visam o cumprimento das medidas do decreto municipal em prevenção ao coronavírus. “Estamos fazendo um trabalho orientativo para conscientizar os empresários, prestadores de serviços e a população de que é preciso respeitar as ações preventivas ao coronavírus e evitar que Maringá tenha medidas mais rígidas. É uma situação delicada e muitas pessoas, principalmente jovens, parecem não entender a gravidade da situação”,  comentou o secretário de Fazenda, Orlando Chiqueto. 
 

AGORA NA TV WEB - O FATO MARINGÁ 

* Para assistir a um conteúdo específico sem ter que esperar que passe na tv web,

clique no link a seguir e assista no canal YOUTUBE de O FATO MARINGÁ

 
Das 187 denúncias, 172 foram direcionadas à Guarda Municipal. Outras 13 denúncias ocorreram na Ouvidoria e duas na Secretaria de Meio Ambiente (Sema). A GM também registrou nas ruas oito autuações pelo toque de recolher e 16 pela falta do uso de máscara de proteção. As multas aos estabelecimentos variam entre R$ 200 e R$ 10 mil, dependendo da situação e local.
 
A coordenação do GGI fez uma reunião na manhã de hoje (22) no Paço Municipal  para avaliar os focos e procedimentos das vistorias, conforme normas dos decretos municipais. Secretários da Sefaz e de Segurança Pública, encaminharão, ainda hoje, sugestões para que sejam discutidas pelo grupo de secretários e pelo prefeito Ulisses Maia, que têm acompanhado a situação diariamente.  
 
A reunião teve participação do capitão e oficial de planejamento da Polícia Militar, Alexandro Marcolini Gomes. “Trabalhamos para que os decretos sejam cumpridos e precisamos da colaboração das famílias para que orientem seus filhos jovens a não irem para festas e não saírem sem necessidade”, explicou o capitão. 
 
DADOS
• 187 denúncias
• 34 vistorias 
• 28 orientações 
• 5 interdições
 
Fonte: SIACOM

Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.