Deputado Cobra Repórter repudia suspensão do concurso da Polícia Civil do Paraná

21/02/2021


O vice-líder do Governo, o deputado estadual Cobra Repórter (PSD), repudiou a suspensão do concurso da Polícia Civil do Paraná que ocorreu por parte do Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR) horas antes do início das provas, na madrugada deste domingo (21). Um requerimento está sendo protocolado na Assembleia Legislativa do Paraná manifestando seu repúdio.

“O Governador Ratinho Junior já manifestou em suas redes sociais que é inaceitável que mais de 100 mil candidatos tomem conhecimento da suspensão horas antes do concurso. Concursandos de todo o país se deslocaram para Curitiba e região para a realização das provas. O Governo do Estado não compactua com essa decisão irresponsável! Trata-se de uma insensibilidade passível de ressarcimento dos danos causados”, destacou o deputado Cobra Repórter.

 

 

O concurso iria se realizar neste domingo (21) para os cargos de Delegado, Investigador de Polícia e Papiloscopista. “O processo de realização das provas do concurso público para preenchimento de vagas vem se arrastando por meses, sendo postergado por diversas vezes, em virtude da pandemia do novo coronavírus. Milhares de candidatos de todo o país se inscreveram e se prepararam para fazerem as provas, que foram confirmadas para realização com toda a segurança. Eles se deslocaram para Curitiba ocupando os hotéis da cidade, tendo despesas de deslocamentos, deixando suas famílias, correndo os riscos inerentes à viagem, para pernoitar próximo à realização das provas. Só que horas antes do concurso, o Núcleo de Concursos da UFPR, numa demonstração de total irresponsabilidade, suspendeu a realização das provas. Neste sentido, solicitamos que o Governo do Paraná, por intermédio da Procuradoria Geral do Estado, tome as devidas providências para que o Núcleo de Concursos da UFPR promova o ressarcimento das despesas e danos causados aos candidatos”, justificou o vice-líder do Governo.

 

AGORA NA TV WEB - O FATO MARINGÁ 

* Para assistir a um conteúdo específico sem ter que esperar que passe na tv web,

clique no link a seguir e assista no canal YOUTUBE de O FATO MARINGÁ

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.