CORRUPÇÃO: PF prende ex-ministro Milton Ribeiro e pelo menos um pastor

22/06/2022


 

A Polícia Federal prendeu preventivamente o ex-ministro da Educação do governo Bolsonaro, Pastor Milton Ribeiro.

A prisão aconteceu em São Paulo na manhã desta quarta-feira, 22 de junho. 

O mandado de prisão deriva da "Operação Acesso Pago” da Polícia Federal que investiga supostos crimes de corrupção passiva, prevaricação, advocacia administrativa e tráfico de influência. A operação prendeu também o pastor Gilmar Santos.

O mandado foi assinado pelo Juiz Renato Borelli. Ribeiro será levado para a Superintendência da Polícia Federal em Brasília. A audiência de custódia deve acontecer ainda nesta quarta-feira.

 

POLÊMICAS MARCARAM PRESENÇA DE RIBEIRO NO GOVERNO BOLSONARO

 

O Pastor presbiteriano Milton Ribeiro deixou de ser Ministro da Educação no dia 28 de março dese ano depois de uma reunião com o Presidente da República que julgou que a situação ficou insustentável depois que uma gravação em que Ribeiro diz que libera verbas do MEC por indicação de dois pastores à pedido do próprio Bolsonaro.

Ribeiro estava no cargo desde julho de 2020 e foi o quarto a ocupar a pasta desde o início do mandato de Bolsonaro. 

Um dia após a sua posse em 2020, um vídeo intitulado "A vara da disciplina", foi divulgado em forma anônima na internet; nele o Ministro aparece dizendo que "essa ideia de que a criança é inocente é relativa” e explicou que “um tapa de um homem ou uma cintada de uma mulher podem ser muito mais fortes que uma criança pode suportar”.

 

 

Durante a pregação em uma igreja presbiteriana Milton disse: “A correção é necessária para a cura, não vai ser obtido por meios justos e métodos suaves. Talvez uma porcentagem muito pequena de criança, precoce e superdotada, é que vai entender o seu argumento. Deve haver rigor, severidade. E vou dar um passo a mais, talvez algumas mães até fiquem com raiva de mim: deve sentir dor, eu amo as crianças”.

 

LEIA TAMBÉM

* 1 KG DE OURO: CE vai ouvir ministro da Educação por denúncia de favorecimento na quinta-feira

"EU AMO AS CRIANÇAS - devem sentir dor", diz em vídeo pastor Milton Ribeiro, novo ministro da Educação

* Ministra Cármen Lúcia autoriza abertura de inquérito contra o ministro da Educação (ofatomaringa.com.br)

 

 

 

 


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.