Comunidade Israelista de Maringá em festa para a comemoração do Hanukkah, neste sábado 4 a partir das 19h
Haukkah é a festa das Luzes, e toda comunidade religiosa comemora pelo mundo todo

04/12/2021


Foto : Associação Israelita Norte Paranaense - Beit Tikvá / Maringá-PR

 

A celebração religiosa comunidade hebraíca começou no pôr do sol do dia 28 de novembro e segue até próxima segunda-feira , no pôr do sol do dia 06. E a festas das luzes, momento de purificação da comunidade.

A Comunidade Israelita Norte Paranaense estará neste sábado dia 04 de dezembro se reunindo para acender a sétima vela de Hanukkah em comunidade, na Sinagoga Beit Tikva em Maringá, que está localizada na Rua Nassib Hadad,380. Este ano com o retorno das atividades a comunidade volta a se reunir. E a propósito desta noite a partir das 19h a comunidade conta com a participação Pablo Schejman  para o acendimento da 7 vela de Chanucá .

Pablo Schejman é líder religioso da comunidade religiosa em Fortaleza.

 

 
 
 

Foto : Associação Israelita Norte Paranaense - Beit Tikva / Maringá-PR

 

O que é Hanukkah?

 

hanukiáh ou hanuquiá ( hanukiah, pronunciado "ranuquiá") é um candelabro de nove braços, usado durante os oito dias do feriado judaico de Chanuká, também chamado de Festa das Luzes.

Ano após ano, à época de Chanucá, as luzes são acesas em todos os lares judaicos para celebrar os acontecimentos daqueles dias

Nesta celebração, judeus de todo o mundo comemoram a libertação do Templo de Jerusalém do domínio dos Gregos no século II a.C. sob a liderança dos Macabeus e o milagre do azeite que havia numa botija - que duraria um dia só - e que queimou no candelabro do Templo por oito dias.

Este é o motivo dos nove braços da hanukiá, sendo o braço do meio, mais proeminente, denominado Shamash (servente), pois a vela que é colocada neste braço é usada para acender as velas que são colocadas nos outros oito braços.

Quando Antíoco Epifanes (rei selêucida) governava sobre o antigo reino de Israel, ao redor do ano 168 a.e.c, decidiu proibir os fundamentos claves da observância judia decretando a anulação de cinco áreas específicas: o estudo da Torá, a observância do Shabat, o Brit Milá (a circuncisão), a santidade do matrimônio e o calendário judeu.

Os macabeos, um pequeno grupo de judeus dessa época, lograram vencer, contra todos os prognósticos, o exército do rei, liberaram Jerusalém e purificaram o Templo (Beit Hamikdash).

A festividade de Chánuka se estende por 8 dias, deve seu nome ao fato de que durante oito dias se acendem velas (num candelabro especial de 9 braços chamado chanuquiá) em reconhecimento ao milagre que aconteceu ao querer reinaugurar o Templo de Jerusalém, que, como já tínhamos assinalado, havia sido profanado.

Os macabeos queriam acender a Menorá que estava no Templo e ,para isso, só encontraram um recipiente com óleo que supostamente manteria acesa a Menorá durante um dia, porém, o óleo permaneceu aceso durante 8 dias, dando assim, tempo suficiente para que pudessem elaborar óleo kasher (apto) para o serviço do Templo, e lograr que as luzes da Menorá permaneceram sempre acesas.

Ao acender cada uma das velas de hánuka, não só estamos lembrando a epopeia dos macabeos, senão que fundamentalmente nos envolvemos com as mensagens que esta  festividade nos dá:

Nunca nos darmos por vencidos antes de começar a nossa luta e tentarmos sempre;

Devemos valorar cada uma das nossas ações, embora à primeira vista pareçam insignificantes;

Temos que lembrar que a nossa obrigação é acender uma luz (diante de tanta obscuridade existente ao nosso redor);

Não só temos que "iluminar o mundo" senão que somos obrigados a incrementar um pouco mais de luz a cada dia;

Finalmente, não é suficiente que acendamos uma luz, nem sequer é suficiente que dia a dia acrescentemos um pouco mais de luz, senão que fundamentalmente somos obrigados a difundir este milagre e assim, compartilhar a nossa mensagem e nossa luz com os demais.

Hoje, 2187 depois, continuamos espalhando essa mensagem.

Se forem contra minha existência, serei resistência.

Que as luzes de hánukkah iluminem o nosso caminho e nos instem a que, juntos, continuemos trabalhando para construir um mundo mais sensível e solidário.

 

 

Como tradição costumamos comer alimentos fritos em óleo, simbolizando o óleo da Menorah usada no Templo. Estes alimentos incluem Latkes ou panquecas de batata e suffiganiot (doce parecido com o nosso sonho).

Também é costume fazermos jogos utilizando uma espécie de pião chamado Sevivon ou dreidel.

A Associação Israelita Norte Paranaense deseja a todos

Chag Hanukkah Sameach 

 

 

 

 

Serviço:

Associação Israelita Norte Paranaense - Beit Tikvá / Maringá-PR

 R. Nassib Haddad, 380 - Zona 05, Maringá - PR, 87015-270

abre a partir das 14h:30


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.