Com fim dos pedágios, Bombeiros e Samu já atenderam 77 ocorrências nas rodovias
Número de acidentes está dentro da média e o tempo médio de atendimento foi de 11 minutos. Com o fim do pedágio, o Estado reforçou a estrutura do Samu e ampliou o efetivo do Corpo de Bombeiros.

03/12/2021


O Corpo de Bombeiros e o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atenderam, entre o sábado (27) e a manhã desta sexta-feira (3), 77 ocorrências nas rodovias do Anel de Integração, que deixaram de ser concessionadas no último fim de semana. Segundo a corporação, não houve aumento no total de ocorrências com o fim dos contratos de pedágio, já que esse número está dentro da média para o período.

Os acidentes nas estradas deixaram 82 pessoas feridas e seis vítimas fatais, mostra o relatório do Corpo de Bombeiros. Com o reforço na estrutura da Rede de Atenção à Urgência do Estado e no efetivo de profissionais que atuam prioritariamente nas rodovias, o tempo médio de atendimento nesta primeira semana foi de 11 minutos.

O Estado, porém, deve ampliar a atenção em pontos críticos, como na Serra do Cadeado, na região do Vale do Ivaí. O tombamento de uma carreta carregada com frango congelado, no quilômetro 303 da BR-376, bloqueou o trânsito sentido Curitiba na quinta-feira (2).

As equipes da Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros de Apucarana, que fica a 60 quilômetros do local do acidente, foram mobilizadas. A cabine ficou presa no guard rail e os bombeiros precisaram retirar o condutor, um homem de 58 anos, das ferragens. O motorista teve ferimentos leves e foi encaminhado pelo Samu a um hospital em Apucarana. A liberação da pista demorou porque o contêiner do veículo ficou atravessado.

OCORRÊNCIAS 

De acordo com o relatório dos bombeiros, um terço dos acidentes e quase metade das vítimas se concentraram no fim de semana. Foram 27 ocorrências entre a meia-noite de sábado até as 8h de segunda-feira (29), com 36 feridos e três óbitos.

Entre segunda e terça-feira (30) foram registradas 10 ocorrências, com 19 pessoas feridas; de terça a quarta-feira (1) houve oito atendimentos, com 11 pessoas feridas e duas mortes – uma mulher de 41 anos, que foi atropelada na BR-376, em Marialva (Noroeste), e o motorista de um veículo que colidiu com um caminhão na PR-445, em Cambé (Norte).

Entre e quarta e quinta-feira (2) foram atendidas 11 ocorrências, com 15 pessoas feridas; e de quinta a sexta-feira outras nove ocorrências, com seis feridos e um óbito. A vítima fatal foi o condutor de uma motocicleta, que estava sem capacete, na BR-376, em Maringá (Noroeste), e colidiu com um caminhão.

ACORDOS 

 Nas rodovias que eram administradas pela Econorte e Caminhos do Paraná os atendimentos estão sendo feitos com apoio das equipes dessas empresas.

 

AEN/PR


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.