Prestadoras de serviços públicos terão que publicar cálculos de reajustes no Diário Oficial do Paraná
Projeto aprovado na ALEP é do Deputado Homero Marchese (PROS).“Hoje as empresas basicamente só informam a nova tarifa sem informar ao cidadão como se chegou naquele número. Queremos mudar isso, permitindo que o cidadão tenha acesso à metodologia do cálculo e fazendo ele mesmo as contas, se assim desejar”, diz Marchese.

12/06/2020


O projeto do deputado Homero Marchese (PROS) quer garantir mais transparência ao cálculo de revisão de tarifas de empresas prestadoras de serviços públicos no Paraná. A aprovação em primeira discussão aconteceu nesta segunda-feira, 8, na Assembleia Legislativa do Estado. 
O projeto de lei 549/2019 determina a publicação em Diário Oficial dos cálculos de reajuste, revisão e qualquer outra operação nas tarifas praticadas pelas prestadoras de serviços públicos delegados de infraestrutura no Paraná. Também obriga as prestadoras de serviço reguladas pela Agepar, como Sanepar, Copel e concessionárias de pedágio, a disponibilizar os dados sobre a série histórica dos reajustes em formato de dados abertos.
 
 
“Hoje as empresas basicamente só informam a nova tarifa sem informar ao cidadão como se chegou naquele número. Queremos mudar isso, permitindo que o cidadão tenha acesso à metodologia do cálculo e fazendo ele mesmo as contas, se assim desejar”, diz o deputado Homero Marchese. O projeto recebeu emendas nesta terça-feira, 9, e volta ao plenário na semana que vem.
 
 
 
Leia também:
 

Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.