Agência Internacional da Energia faz "advertências sérias"

13/10/2021


A Agência Internacional da Energia adverte que a transição energética está a ser demasiado lenta e que o mundo vai sofrer com o aquecimento global e com "turbulências" no mercado energético, no relatório anual, publicado duas semanas antes da Conferência das Nações Unidas sobre as Alterações Climáticas (COP 26).

 

"A mensagem é clara. Está a surgir uma nova economia global no mercado da energia. Uma economia de energia mais limpa, mais segura, muito mais moderna, e muito mais resiliente e justa entre os países ”, afirma o diretor-executivo da Agência Internacional da Energia, Fatih Birol.

A Agência Internacional da Energia lamenta que o progresso ainda seja contrariado pela "resistência do 'status quo" e dos combustíveis fósseis. O petróleo, o gás e o carvão representam 80% do consumo final de energia e são responsáveis por três quartos das alterações climáticas.

 

Euro news


Periódico Registrado em 04/09/2018 no Cartório de Registro de Títulos e Documentos e no Registro Civil de Pessoas Jurídicas de Maringá.
Protocolado e digitalizado sob nº 491.574 e matriculado no livro "B" sob nº 51.
Desenvolvido e mantido por Logicomp Co.